Os pneus agrícolas são fundamentais para manter o funcionamento de tratores e máquinas rurais.
Muitos proprietários de tratores sabem como manter os cuidados necessários como lubrificação, limpeza e motor, mas apresentam dúvidas no momento de cuidar dos pneus.

Elaboramos esse artigo com esclarecimentos sobre os pneus agrícolas e como cuidar dessa parte tão importante. Afinal, eles também garantem o aumento da vida útil do veículo. Aproveite a leitura!

 

Curiosidades sobre os pneus agrícolas

Com o aumento do agronegócio no Brasil, maquinários como tratores e colheitadeiras estão cada vez mais presentes no mercado.

Além de serem veículos facilitadores do trabalho, permitem que uma operação agrícola trabalhe de forma mais rápida e produtiva.

Mas para funcionar corretamente, as máquinas pesadas de uso rural exigem um item fundamental: os pneus agrícolas. Por isso, vamos falar um pouco desse produto e apresentar algumas curiosidades sobre o produto.

Atualmente no mercado existem cinco tipos de pneus agrícolas:


1 – Diagonais

Possuem uma carcaça com lona sobreposta em ângulos diferentes, em diagonal. Esse modelo possui alta resistência a impactos do solo e também apresenta maior elasticidade.

2 – Radiais

Esse modelo de pneus agrícolas conta com lonas em sentido radial ao pneu, promovendo mais resistência e estabilidade do veículo.
Em relação aos modelos diagonais, os pneus radiais possuem menos resistência a impactos, mas melhoram o desempenho do trator, promovendo economia de combustível e menor compactação do solo.
Os pneus agrícolas radiais são mais caros do que os diagonais, mas geram alguns benefícios que compensam o investimento.

3 – Alta flutuação

Esse tipo de pneu agrícola é mais rebaixado e possui maior largura. Essa característica evita a compactação do solo, sem danos a plantações já existentes.

4 – De implemento

Os pneus de implemento são bastante utilizados por rebocadores, tratores de plantio e semeadoras. Esse modelo possui raias longitudinais que facilitam o manejo do trator.

5 – Florestais

Esse modelo é usado para veículos florestais, resistentes a galhos, pedras e outros elementos que podem danificar sua estrutura. Para tanto, são reforçados para que tenham maior resistência.

Uma característica interessante dos pneus agrícolas é que podem ser preenchidos com água. Esse processo, conhecido como lastro líquido, permite maior equilíbrio entre o peso e a potência do trator. Além de diminuir o consumo de combustível, o lastro líquido promove maior tração e reduz a patinagem no solo.

Os pneus agrícolas também contribuem para que o trator possa adaptar em relação à distância entre bitola, que é o centro das rodas. Isso favorece o tráfego da máquina em diversos tipos de solos e plantações.

Os cuidados com os pneus agrícolas também são importantes para aumentar a vida útil do trator ou outro modelo de máquina rural. Com a expansão do agronegócio, realizar a manutenção preventiva no maquinário é uma grande vantagem competitiva.

Além de otimizarem a operação, os veículos rurais possibilitam mais facilidades nos processos de plantio e colheita. Logo, para não ter prejuízos com uma máquina parada, cuidar de sua estrutura é fundamental. E isso inclui os pneus agrícolas.

Continue sua leitura e veja algumas dicas de cuidados com os pneus agrícolas do seu trator. Com certeza, isso vai gerar economia e maior produtividade para seu veículo.

 

Cuidados necessários para os pneus agrícolas

A manutenção preventiva é um processo que gera economia em diversas vias, não só nos custos de troca de peças como também na garantia de produtividade do maquinário.
Para tanto, algumas ações periódicas podem contribuir para o aumento útil do seu trator, bem como dos pneus agrícolas.

1 – Armazenamento

É muito comum manter pneus agrícolas armazenados para trocas eventuais. Porém, mesmo guardados, eles podem sofrer danos que inviabilizam seu uso.
Para evitar desgastes do tipo, é importante armazenar os pneus desmontados, com câmaras de ar, aros, rodas e válvulas em local coberto e fechado para não sofrer danos com as ações do tempo.
Outro ponto importante no armazenamento de pneus agrícolas é não deixar em locais que possuem água, óleos ou graxas. Também é importante manter os pneus agrícolas longe de motores elétricos. Esse tipo de equipamento pode emitir gases que danificam os pneus.

2 – Calibragem recomendada pelo fabricante

Como todo veículo, os tratores também possuem manual do proprietário com as indicações da tabela de calibragem.
Os pneus agrícolas precisam ser calibrados corretamente, seguindo as recomendações do fabricante. Quando um pneu agrícola está com a calibragem incorreta, com menor pressão do que o recomendado, pode ocorrer problemas como:

  • Compactação do solo.
  • Deformidades no pneu.
  • Marcas de pneu no solo, que podem prejudicar plantações.
  • Pneu se movimentando fora do aro (rim slip).

Quando a pressão está em excesso, o pneu agrícola pode apresentar uma forma oval e sofrer desgastes mais rápido. Além disso, diminui a tração do veículo.

3 – Controle da pressão

Realizar o controle da pressão nos pneus agrícolas constantemente é outra forma de aumentar sua vida útil. Mesmo seguindo as recomendações do fabricante para a calibragem, a verificação da pressão dos pneus deve ser feita semanalmente.

Para facilitar o monitoramento da pressão, pode-se usar um medidor de pressão.

4 – Monitorar o índice de patinagem

A patinagem do pneu agrícola reduz o esforço do eixo, deixando o veículo mais leve e com maior durabilidade de peças.

Quando existe patinagem em excesso, o pneu agrícola diminui a tração, consumindo mais combustível e desgaste mecânico. Para pneus agrícolas, o ideal é que esse índice esteja entre 3 e 15%.

As marcas do pneu podem indicar o nível de patinagem. Se apresentar marcas indefinidas, significa alto nível de patinagem. As marcas mais definidas indicam que a patinagem está baixa, o que exige redução da carga.
Para calcular a patinagem, basta realizar o teste a seguir:

  • Marque a lateral de um dos pneus traseiros como referência para medir o número de voltas.
  • Utilize uma estaca como ponto inicial.
  • Coloque o trator em movimento até que ele atinja 10 giros, utilizando uma segunda estaca como ponto final.
  • Repita o movimento entre as estacas e conte o número de voltas do pneu.

Considerando, por exemplo, executou 12 voltas, faça uma regra de três.

Logo o cálculo seria 12 -10 = 2; 2×100/2 = 20%.

De acordo com o cálculo acima, o índice de patinagem estaria em 20%, ou seja, a patinagem está ocorrendo em excesso. Nesse caso, o ideal é regular a pressão do pneu de acordo com o manual do proprietário.

5 -Troca dos pneus

Varia de acordo com o tipo de solo, cultura e máquina, portanto não existe uma previsão exata.

Equipamentos de maior porte tendem a ter maior durabilidade dos pneus agrícolas. Seguir as recomendações do fabricante sobre o tipo de solo é importante para aumentar a vida útil dos pneus.

Caso o pneu agrícola apresenta barras de tração desgastadas ou diminuição da tração durante o uso, pode-se considerar a troca do pneu.

Essas são algumas dicas para aumentar a durabilidade do seu trator e do seu pneu agrícola. Pequenas ações diárias após a produção podem contribuir para que o equipamento tenha um bom desempenho por um longo período.
Portanto, ao efetuar os cuidados com seu trator, não esqueça de verificar os pneus agrícolas. Eles são uma das peças mais importantes do seu maquinário.

FVA é especialista em pneus agrícolas!

Com quase 20 anos de mercado, a FVA oferece um amplo estoque de pneus agrícolas e produtos para borracharia e oficinas mecânicas.

A FVA trabalha com diversos modelos de pneus agrícolas com garantia de qualidade e procedência que vão aumentar a performance do seu trator.

Conheça as soluções da FVA e adquira pneus agrícolas com quem tem expertise no segmento.

O que achou deste artigo? Deixe nos comentários, compartilhe nas suas redes sociais e acompanhe nosso blog para mais novidades.

Até a próxima! 🙂