Você sabe qual é o torque de parafusos ideal para a roda de veículos? É comum acreditar que essa é uma tarefa simples. Mas a verdade é que possui algumas particularidades. 

O procedimento de troca de pneus exige que o torque de parafusos seja adequado, pois, se for excessivo, por exemplo, pode ocasionar quebra das rodas.

Elaboramos esse artigo com o objetivo de esclarecer sobre o torque de parafusos correto na hora da troca de pneus para preservar as rodas. Continue com a gente e boa leitura!

 

O que é o torque de parafusos?

Em termos físicos, o torque é o movimento rotativo realizado após aplicação de uma força sobre ele. Logo, podemos entender que o torque de parafusos é o ato de apertá-los ou despertá-los em um determinado local.

Durante a troca de pneus, alguns profissionais possuem dificuldades de retirar ou colocar os parafusos por estes estarem espanados. 

Um parafuso espanado é quando a rosca do parafuso se desgasta e impede a remoção do mesmo.

Esse tipo de problema pode ocorrer quando foi realizado um aperto excessivo do parafuso ou até mesmo utilização de ferramentas inadequadas.

Alguns profissionais do ramo possuem a crença de que quanto mais torque, melhor é a fixação. Também afirmam que o torque de parafusos correto é quando se conta de 1 a 3 durante o processo. 

A verdade é que essas ideias são mitos. Se o torque de parafuso for muito forte, pode quebrar ou danificar a peça, comprometendo seu uso e também colocando o veículo em risco com possibilidade de quebra da roda.

Outro ponto é que para realizar o torque de parafuso adequadamente, é preciso utilizar ferramentas apropriadas, tanto para o manejo da peça como para evitar danos.

 

Pontos de observação para realizar o torque de parafusos

Geralmente, o fabricante da peça fornece as recomendações necessárias. Essas informações podem ser consultadas no manual do veículo ou de manutenção.

Com acesso às informações do fabricante, vale observar algumas características dos parafusos para aplicar o torque:

  • Tamanho:

O tamanho do parafuso também é um ponto de atenção que influencia no torque. Quanto maior o parafuso, maior é torque para realizar o aperto. Saber esses dados é importante para ter uma ideia do torque que será utilizado. Essa informação também é comum na especificação do produto.

  • Classificação:

A classificação do parafuso também é outro ponto importante, uma vez que será a partir dela que a tensão e resistência à tração serão calculados. 

Essa informação é importante, pois a classificação é feita a partir do tipo de aço utilizado para a fabricação do parafuso. Logo é possível, pela matéria-prima, observar se a força aplicada pode quebrar ou danificar o parafuso. Quanto maior classificação, maior o torque de parafuso.

  • Atrito:

O atrito impede que o parafuso se solte de uma junta, estando presente em dois locais: na rosca e abaixou a cabeça do parafuso. 

Para realizar o cálculo de torque do parafuso, é importante verificar o coeficiente de atrito. Essas informações também são fornecidas pelo fabricante em seu documento de especificação do produto.

Analisando essas três informações, chega o momento de realizar o torque de parafuso. O próximo tópico abordará esse assunto.

 

Como realizar o torque de parafusos adequadamente?

O torque de parafuso exige um fluxo adequado de aperto e desaperto. Esse fluxo consiste no sentido estrela e cada parafuso deve ser removido em sentido anti-horário.

Na recolocação do parafuso, o torque também deve utilizar o sentido estrela. O primeiro aperto não deve ir até o final da rosca. O ideal é rosquear cada um dos parafusos até que fiquem levemente firmes.

Com essa prefixação, o aperto no sentido estrela deve começar pelo parafuso que está em cima. É importante lembrar que cada parafuso comporta um torque diferente. Então basta fixar o parafuso sem apertar demais para que ele não sofra danos, sem necessidade de apertar ao máximo.

Dicas para facilitar o torque de parafusos

Agora que você já sabe o sentido e a forma correta de realizar o torque de parafusos, aqui vão algumas dicas que podem facilitar o procedimento sem riscos de danos à peça ou às rodas.

 

Preparação da superfície

Antes de realizar o torque de parafusos é importante limpar qualquer elemento como ferrugem, poeira, graxa, dentre outros. 

Com a superfície limpa, veja se os parafusos, rodas, porcas e outros componentes estão de acordo para o procedimento. As ferramentas necessárias também devem estar prontas para o uso.

Ferramentas

É importante assegurar que as ferramentas utilizadas para o toque estejam em perfeitas condições, sejam fabricadas com qualidade e específicas para esse procedimento. Isso é imprescindível para evitar danos durante o trabalho.

Além do uso convencional da chave de roda, existem algumas ferramentas que facilitam o processo e evitam o torque de parafusos em excesso como:

  • Chave de torque manual.
  • Chave de impacto com torque limitado acompanhada de torquímetro.
  • Parafusadeira pneumática ou a bateria.
  • Torquímetro.

As ferramentas listadas acima permitem encontrar o torque de parafusos adequado, sem comprometer sua estrutura.

Treinamentos

Estar por dentro das novas tecnologias e ferramentas que facilitam os trabalhos é um diferencial no momento de realizar o torque de parafusos e prestar um bom serviço.

É importante acompanhar as tendências dos fabricantes, as atualizações de seus manuais, novas matérias-primas utilizadas, dentre outras informações. 

Se manter com o conhecimento reciclado facilita a realização dos trabalhos, garante maior produtividade operacional e qualidade de serviços.

Como vimos ao longo do texto, realizar o torque de parafusos corretamente é fator importante para manter a segurança do veículo e aumentar a vida útil dos pneus e rodas. 

Além das especificações, buscar inovação no processo facilita a execução do procedimento com maior rapidez e com garantia de qualidade. 

Assegure-se de possuir as informações e ferramentas adequadas antes de realizar o torque de pneus.


FVA é especialista em ferramentas para torque de parafusos!

Com mais de mais 20 anos de mercado, a FVA garante a seus clientes uma linha de chaves, parafusos e porcas para que a realização do torque de parafusos seja executada com excelência.

Por isso, no momento de adquirir ferramentas para torque de parafusos, venha conhecer as soluções da FVA.

 

O que achou deste artigo? Deixe nos comentários, compartilhe nas suas redes sociais e acompanhe nosso blog para receber outras dicas.

Até a próxima!